terça-feira, 3 de dezembro de 2019

ILUSTRAÇÃO PARA O SEGUNDO VOLUME DE "CONGO", DOS IRMÃOS GANDUM


A partir de um convite que me foi feito por Henrique Gandum, a quem eu muito agradeço, elaborei esta ilustração que visou integrar-se num capítulo que os criadores de Congo, os irmãos Gandum, quiseram fazer como uma espécie de posfácio ao seu livro. Aí, vários desenhadores elaboravam trabalhos dedicados precisamente a este universo que eles muito bem criaram. Assim, a par da minha ilustração, podem por lá ser vistas também obras de Inês Garcia, João Raz, Miguel Jorge, Nuno Dias, Penim Loureiro e Rita Alfaiate, bem como um poema de Tiago Cruz que, no seu conjunto, são visões alternativas, que enriquecem ainda mais uma banda desenhada que muito apreciei, sobretudo pelo seu carácter fílmico. Por isso, foi com muito orgulho que participei nesta obra que, por si só, constrói um imaginário único e inventivo...


sexta-feira, 22 de novembro de 2019

HOJE NO "CORREIO DA MANHÃ"


Deixo hoje aqui uma fotografia do artigo de quase duas páginas sobre a recente reedição de A Voz dos Deuses que saiu hoje no suplemento Sexta do jornal Correio da Manhã.

terça-feira, 12 de novembro de 2019

LANÇAMENTO DE "A VOZ DOS DEUSES" NO AMADORA BD- ALGUMAS FOTOS


Rui Carlos Cunha e eu no lançamento do livro
Alice Vieira e Maria José Pereira, a editora
"Foto de família" com Miguel Campos Reis, eu, Alice Vieira e Joaquim de Sousa, o autor de várias capas de romances de João Aguiar
Eu e o Rui em plena sessão de autógrafos
E sai mais um...

Depois de algumas horas no pátio central, os autógrafos continuaram no stand da Babel
Fotos: Cristina Costa Amaral

terça-feira, 5 de novembro de 2019

PEQUENAS MEMÓRIAS DO LANÇAMENTO DE "A VOZ DOS DEUSES"

Rui Carlos Cunha, eu, Alice Vieira e a editora Maria José Pereira no lançamento da reedição de A Voz dos Deuses
Um autógrafo a nascer
Com uma foto do lançamento da reedição de A Voz dos Deuses, no Amadora BD, no passado dia 2 de Novembro e outra da sessão de autógrafos, deixo hoje aqui reproduções das pequenas aguarelas que fiz e que actualmente estão na posse dos dez primeiros compradores do livro. Esta foi uma pequena surpresa que preparámos para quem queria comprar o livro, que surge agora a preto e branco. No lançamento esteve também presente Alice Vieira, na qualidade de minha amiga, mas sobretudo por ter sido também cúmplice de João Aguiar em várias aventuras literárias. Resta-me agradecer a todos os que estiveram presentes nesta iniciativa e que me acarinharam ao longo de todo o fim-de-semana. Foi mais um acontecimento que me deixou muito gratas memórias...
Fotos: Cristina Costa Amaral











terça-feira, 29 de outubro de 2019

CONVITE PARA O LANÇAMENTO DE "A VOZ DOS DEUSES" 2


Deixo hoje aqui alguns estudos e ensaios para eventuais autógrafos que irei fazer a todos os que se queiram deslocar no sábado, ao Fórum Camões, na Brandoa, onde decorre om 30º Amadora BD. Paralelamente, deixo também uma vez mais o convite para o lançamento da edição comemorativa do 25º aniversário de A Voz dos Deuses e recordo que depois do lançamento haverá então uma sessão de autógrafos que começará às 16.00 horas.

terça-feira, 22 de outubro de 2019

CONVITE PARA O LANÇAMENTO DE " A VOZ DOS DEUSES"


Deixo hoje o convite para o lançamento da reedição de A Voz dos Deuses, a banda desenhada feita por mim e pelo Rui Carlos Cunha, adaptada do romance homónimo de João Aguiar. Como lá vem referido, o lançamento será no sábado, dia 2 de Novembro, às 15.00 horas, no Amadora BD, que decorre no Fórum Luís de Camões, a que se seguirá uma sessão de autógrafos às 16.00 horas. Apareçam!

terça-feira, 15 de outubro de 2019

CAPA DA REEDIÇÃO DE "A VOZ DOS DEUSES"


Na sequência da publicação que efectuei a semana passada, revelo hoje aquela que irá ser a capa da reedição de A Voz dos Deuses, a banda desenhada de minha autoria e de Rui Carlos Cunha, adaptada do romance homónimo de João Aguiar, que irá ser lançada no próximo Amadora BD, desta vez, como referi anteriormente, a preto e branco. Oportunamente voltarei com mais informações sobre este assunto.

terça-feira, 8 de outubro de 2019

"A VOZ DOS DEUSES" REGRESSARÁ EM BREVE A PRETO E BRANCO...




As folhas da reedição de A Voz dos Deuses a saírem da máquina de impressão
   A Voz dos Deuses, Memórias de um Companheiro de Armas de Viriato, a adaptação do romance de João Aguiar para banda desenhada, comemora este ano 25 anos da sua primeira edição. É por isso com muita satisfação que anuncio que, a assinalar esse facto, irá ser publicada uma nova edição da BD elaborada por mim e pelo Rui Carlos Cunha, sob a chancela da ARCÁDIA. E, este livro estará mais consentâneo com os nossos desejos iniciais. É que eu sempre quis que ele saísse a preto e branco, porque, em boa verdade, foi assim que foi concebido. Todavia, na altura da sua publicação, constrangimentos vários impediram que a obra saísse dessa forma. Daí que, neste momento, a minha expectativa seja ainda maior, porque finalmente, ao fim destes anos todos, vou ver a banda desenhada como sempre a quis ver...

   Para esta reedição, decidi que também se poderiam melhorar algumas coisas. Daí que, tenha refeito todos os desenhos das pranchas capitulares (mantendo, no entanto, o mesmo espírito com que na altura foram feitos). E, a par disso, existem outros pequenos melhoramentos que visaram tornar esta segunda publicação mais rica do que a primeira. Penso portanto que, para quem ainda não tem esta obra (há muito esgotada no mercado), esta será uma excelente oportunidade de a adquirir. Todavia, para quem já a tem, este é também um bom objecto de coleção, pois irá permitir, no meu entender, ver melhor a adaptação que foi feita, já que penso que a cor acabou por desvirtuar um pouco o desenho...
    
   Quanto à data da publicação está, em princípio, agendada para o próximo Amadora BD, que decorrerá entre o final de Outubro e o início de Novembro, mas oportunamente darei mais notícias e pormenores sobre o assunto. Para já e, conforme se pode ver pelas imagens em anexo, o livro já saiu das minhas mãos e do Rui e entrou na gráfica, estando neste momento a seguir o seu percurso normal...

   Resta dizer que, João Aguiar (que acabou por se tornar um amigo), em virtude do seu falecimento há alguns anos, infelizmente já não poderá ver esta nova aventura dos "seus deuses", mas espero sinceramente que esta seja uma oportunidade que contribua para a preservação da sua memória literária e também um passo para que as novas gerações possam conhecer melhor o excelente escritor que foi. Para além disso, deixo também aqui a informação de que a edição do romance comemora também este ano 35 anos, já que a banda desenhada foi lançada após os dez anos da sua publicação original. Eu e o Rui agradecemos também a Joaquim de Sousa e Miguel Campos Reis, pois sem a sua colaboração, este segundo nascimento não teria sido, de facto, possível. 

   Ficamos então, neste momento, todos em modo de espera, a aguardar ansiosamente que Tôngio, Viriato e todas as outras personagens voltem de novo a ver a luz do dia, cavalgando heroicamente nas planícies e montanhas da península...